EMPREGADOR PODE DISPENSAR TRABALHADOR POR WHATSAPP, DESDE QUE COM RESPEITO