FRAUDES BANCÁRIAS, bem vindo a Grã Bretanha a capital mundial das fraudes

Quando bancos e fintechs não têm razão, o que dá pra fazer?
14 de outubro de 2021
Gestor estatutário não pode ser considerado empregado de fundação, julga 6ª Câmara – TRT 12R
21 de outubro de 2021

FRAUDES BANCÁRIAS, bem vindo a Grã Bretanha a capital mundial das fraudes

Recente matéria publicada pela Reuters, descreve o aumento exponencial de fraudes por meio eletrônico na Grã Bretanha. Sim, não é somente no Brasil que os estelionatários estão agindo cada vez mais através dos canais digitais, bem como desenvolvendo novas formas de invadir e capturar senhas das instituições financeiras.

Lá como aqui, a adoção da transferência eletrônica instantânea, no Brasil denominada PIX e na Grã Bretanha ( Faster Payments ), provocou um aumento exponencial de fraudes.

Destacamos o seguintes trechos da reportagem (tradução livre):

a) Crimes como pagamentos push autorizados (APP) – em que as pessoas são induzidas a autorizar um pagamento por um criminoso que se passa por seu banco ou outra empresa confiável – estão se proliferando globalmente depois de terem começado como um grande fenômeno no Reino Unido.

b) Os ataques de bot fazem com que os criminosos usem um grande volume de credenciais de identidade roubadas para invadir um site, permitindo que eles configurem novas contas ou acessem as existentes.

Reportagem completa: https://www.reuters.com/world/uk/welcome-britain-bank-scam-capital-world-2021-10-14/