Quando bancos e fintechs não têm razão, o que dá pra fazer?