TST – Bancário que exerceu função de confiança por mais de dez anos não incorporará gratificação